Gosto de imaginar que ilhas significam-se ― fazem-se dizer por signos ― mediante barcos que se aventuram nas águas que as separam, mas também as unem: as águas podem ser oceânicas ou simples veredas, salgadas ou doces, profundas, turbulentas e mais difíceis de navegar, ou arroios cristalinos que escorrem transparentes entre pedras e vegetação de grande frescor. Os barcos, as palavras. E tudo o mais que diz respeito à palavra afeto, no sentido de afetar, atravessar. Escrever e ler são pontas de ilhas que se fazem significar ― os trajetos dependem dos barcos, das ilhas, das águas que as separam. Este blog não pretende nada, exceto lançar barcos que eventualmente alcancem outras ilhas. Barquinhos de papel.


domingo, 25 de dezembro de 2011

papeis rasgados

A homeopatia e a psicanálise marcaram encontro em meu sonho, nas imagens de papeis rasgados. Desde a primeira consulta meu homeopata pediu que eu preenchesse um questionário, algo que sempre deixo para depois: responder perguntas é sempre invasivo. Ocorre que na última consulta o tal questionário voltou à baila, mas no sonho ele aparecia associado à minha analista, como se ele o tivesse solicitado. Ela não me apresentou nenhum formulário para preenchimento, mas faz perguntas de que me esquivo ― um direito que me assiste vivendo numa democracia. Parêntese: solicitado a se manifestar numa prova acerca da noção de hierarquia no texto de Millôr Fernandes, um aluno do 6º ano disse que era o contrário de democracia. Faz sentido, segundo a democrática noção de democracia que nos é vendida cotidianamente. Então uma pessoa com pendores democráticos teria facilidade de fazer análise ― desde que não visse naquela relação qualquer forma de hierarquia. Acontece que o rompante de rasgar os papéis (o dito questionário) e discutir com a analista, abandonando a sessão, é uma reação enérgica o suficiente para mostrar o direito à privacidade numa sociedade democrática. Logicamente que por de trás dos papéis rasgados em sonho há outros, e isso tem profundas implicações com a continuidade ou não do processo de análise, e do que (ou de quem...) poderá sair de lá. Por outro lado, há outros papéis sendo preenchidos, tentando quebrar a rigidez dos papeis rasgados em sonho. Há papéis com que se busca fazer a catarse. 

Nenhum comentário: